30.10.15

Dor de cabeça

voltar

Bruxismo causa dor de cabeça?

Muitas pessoas que sofrem com bruxismo (aquele ranger de dentes involuntário) também acabam tendo que lidar com dor de cabeça - e essas duas condições realmente possuem ligação. Mas, afinal, o que é o bruxismo? Por que ele gera dor de cabeça e, o mais importante, como tratar esse problema?
 
O bruxismo e seus sintomas
O bruxismo é um distúrbio comportamental¹ caracterizado pelo atrito constante entre os dentes que não ocorre em momentos de mastigação e deglutição¹. Há dois tipos diferentes de bruxismo: o bruxismo diurno (BD) e o bruxismo do sono (BS), sendo ambos geralmente causados por um estado emocional alterado². Ou seja, o bruxismo é causado principalmente por estresse. Ele ainda pode ser estático (com os dentes da arcada inferior pressionando os dentes da arcada superior) ou dinâmico (o conhecido ranger de dentes)². 
 
Os principais sintomas são: 
Alto ruído durante o ranger dos dentes - devido à força excessiva do movimento;
Desgaste dentário;
Fadiga muscular na face; 
Dor nos músculos da mastigação; 
Cefaleias (as dores de cabeça)³.
 
Mas, e a dor de cabeça?
A dor de cabeça gerada pelo bruxismo é bastante incômoda, podendo ser sentida como uma pressão na região da fronte, atrás dos olhos e ao longo da origem do músculo masseter no arco zigomático² - também conhecida como aquela região óssea atrás da bochecha. Essa cefaleia também pode aparecer como uma dor unilateral (em apenas um lado da cabeça), da mesma forma que ocorre na enxaqueca, mas sem os distúrbios neurológicos característicos dela². Isso acontece porque a cefaleia surge como consequência da isquemia produzida pelo estado hipertônico dos músculos. Ou em bom português: a constante contração dos músculos da face gera falta de oxigenação desses tecidos, o que estimula as terminações nervosas, que, por sua vez, geram a sensação de dor².
Muitas pessoas sofrem com dores de cabeça e não imaginam que o motivo dela possa estar em um distúrbio comportamental como o bruxismo. Por isso, é muito importante estar atento aos sintomas e procurar um médico assim que eles forem notados. Caso a dor de cabeça seja acompanhada de dores nos músculos do rosto e nos dentes, e alguém lhe diga que você range os dentes ruidosamente quando dorme, é recomendável procurar um especialista.
 
Tratamento
Não existe um tratamento específico, único, ou mesmo uma cura para o bruxismo². Mas, calma, existem algumas dicas que podem ajudar a diminuir os sintomas. A primeira delas é buscar um tratamento multidisciplinar, com o atendimento de dentistas, psicólogos e até fonoaudiólogos e fisioterapeutas² - afinal, o bruxismo tem causas psicológicas e sintomas físicos. Além disso, praticar atividades relaxantes, fazer exercícios físicos e não exagerar na ingestão de cafeína e outras substâncias (como o tabaco) diminuem o estresse e reduzem o ranger dos dentes e amenizam a dor.

 
Referências:
1)   Fernandes G. Estudo da Associação entre Bruxismo do Sono, Disfunção Temporomandibular e Cefaleias Primárias. [monografia]. Araraquara: Universidade Estadual Paulista Faculdade de Odontologia de Araraquara; 2011.
2)   Rodrigues CK, Ditterich RG, Shintcovsk RL, et al. Bruxismo: uma revisão da literatura. Publ  UEPG Ci Biol Saúde.2006 set; 12(3): 13-21.
3)   Alóe F, Gonçalves LR, Azevedo A, et al. Bruxismo durante o sono. Rev Neuro. 2003 abr; 11(1): 4-17.